20.2 C
Dourados
domingo, 14 de agosto, 2022

PGE nomeia 16 novos Procuradores do Estado de Mato Grosso do Sul

A PGE-MS (Procuradoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul) finalizou todas as etapas do XIV Concurso Público para Procurador do Estado e receberá novos Procuradores para atuar na instituição. A nomeação dos novos integrantes foi publicada nesta sexta-feira (24) no DOE (Diário Oficial do Estado).

Inicialmente, foram abertas seis vagas com a possibilidade de cadastro reserva. Porém, o Governador Reinaldo Azambuja, por meio do Decreto Nº 15.965, de 23 de julho de 2022, abriu mais 10 vagas para o cargo. Com isso, foram nomeados 16 novos Procuradores para atuar em defesa do Estado.

As vagas serão preenchidas por candidatos aprovados em todas as fases do certame, observada a ordem de classificação e o prazo de validade do Concurso Público.

Ao todo, o concurso recebeu 2.398 inscrições, sendo que 1.494 foram deferidas. Os aprovados no certame passaram por diversas etapas, entre elas: prova objetiva, prova escrita (teórica e prática), prova oral e prova de títulos.

O concurso foi executado pelo Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos) sob supervisão da Comissão do Concurso, formada por integrantes da PGE-MS.  

“Tendo em vista que o concurso público foi concluído e homologado, solicitamos autorização ao Governador Reinaldo Azambuja para nomeação de 16 Procuradores do Estado, para reposição de vacâncias e fazer frente ao crescente aumento das demandas administrativas e judiciais”, ressaltou a Procuradora-Geral do Estado, Ana Carolina Ali Garcia, que completou que o aumento no quadro de Procuradores do Estado contribuirá com o aprimoramento da atuação nos processos judiciais e na atuação na atividade de consultoria, o que redundará em economia para o erário, segurança jurídica para o gestor e efetividade na defesa do interesse público e da representação do ente.

Confira abaixo a relação dos candidatos nomeados:

PGE nomeia 16 novos Procuradores do Estado de Mato Grosso do Sul

Fonte: ms.gov

Comentários do Facebook

Matérias relacionadas

- Anúncio -

últimas notícias

- Anúncio -
Comentários do Facebook