18.8 C
Dourados
domingo, 26 de junho, 2022

Evento da Sedhast supera expectativas e agrada imigrantes

Mais de 200 pessoas foram atendidas no evento ImigrAção, organizado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) no último sábado, na Capital. A expectativa inicial era de 100 atendimentos e nem o frio desanimou os imigrantes em busca dos serviços ofertados pelos parceiros. Cubanos, venezuelanos e bolivianos estiveram dentre as nacionalidades atendidas na ação na Coordenadoria de Apoio aos Órgãos Colegiados (Caorc).

“É uma ação muito relevante e que na prática reúne em um só local diversos serviços para essas pessoas. Com a prontidão de nossos parceiros e dos nossos servidores, estamos concretizando esforços que no dia a dia já realizamos”, pontuou a secretária da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

O Centro de Atendimento em Direitos Humanos (CADH) da Sedhast já realizou, entre janeiro e maio deste ano, mais de 1.800 atendimentos a imigrantes dentre orientações, encaminhamentos e serviços.

A venezuelana Kimberly Romero, 25 anos, conta que foi até o evento para se vacinar e em busca da carteira de trabalho. “Gostei muito e foi um ótimo atendimento”, conta ela revelando ainda que está há apenas duas semanas em Mato Grosso do Sul, com suas filhas, num total de sete pessoas que vieram de Santa Catarina.

Kleimar Maestro, 23 anos, também venezuelana, aproveitou a oportunidade para levar suas filhas no atendimento lúdico de pintura facial e ainda escolheu algumas peças de roupas nas caixas de doações. Instalada no Bairro Santo Antonio, Kleimar disse que está gostando muito da cidade, foi muito bem recebida na ação ImigrAção e que pretende ficar por um bom tempo na Capital.

No sábado, ofertaram serviços aos imigrantes a Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), Grupo Onça Pintada, OAB/MS, Defensoria Pública da União (DPU), Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) e Fundação para o Estudo e Tratamento das Deformidades Crânio-Faciais (Funcraf).

A ação, na sede da Coordenadoria de Apoio aos Órgãos Colegiados da Sedhast (CAORC) da Superintendência da Política de Direitos Humanos (SUPDH), foi prestigiada também pela superintendente da SUPDH, Ana Lúcia Américo e Clisitiano Fernandes, superintendente de Benefícios Sociais (Mais Social), ao lado de coordenadores da Sedhast. Diversão para as crianças e apresentação cultural de imigrantes, também ocorreram no evento.

Fonte: ms.gov

Comentários do Facebook

Matérias relacionadas

- Anúncio -

últimas notícias

- Anúncio -
Comentários do Facebook