24.3 C
Dourados
terça-feira, 25 de janeiro, 2022

Cemtec analisa chuvas ocorridas durante o mês de dezembro de 2021

No mês de dezembro de 2021, as chuvas na porção norte das regiões centro-norte, leste e pantaneira superaram a média histórica, com valores que variam entre 125-215 mm (Figura 1a).  Porém, na porção sul das regiões sudoeste, pantaneira e leste do estado, os valores de chuvas ficaram abaixo da média histórica devido a atuação de massas de ar seco e quente, associados a um bloqueio atmosférico que favoreceram os dias mais quentes e secos no estado. Além disso, também, se deve a atuação da La Niña, que é um fenômeno oceânico-atmosférico de resfriamento das águas do Pacífico, e por consequência, gera mudanças nos padrões de precipitação, favorecendo chuvas abaixo da média climatológica no sul/sudeste do estado. Nos municípios do sul do estado, os valores de precipitação acumulada variaram entre 0 – 35 mm (Figura 1a). Segundo a média climatológica, estes municípios encontram-se com 25-50% de precipitação abaixo da média climatológica.

Figura 1. Precipitação acumulada (a) e Porcentagem da precipitação do que é esperado para o mês (b) de dezembro de 2021. Fonte: MERGE/INPE. Processamento de dados e mapas: CEMTEC/SEMAGRO.

Na tabela a seguir são mostrados os valores observados de precipitação acumulada (mm) das estações meteorológicas do INMET/SEMAGRO. Observa-se que 6 municípios apresentaram chuvas acima de 100 mm. Porém, houve municípios da região sul com chuvas abaixo de 50 mm.

Tabela 1. Precipitação Acumulada (mm) observada durante o mês de dezembro de 2021. Fonte dos dados: INMET/SEMAGRO.

Fonte: ms.gov

Comentários do Facebook

Matérias relacionadas

- Anúncio -

últimas notícias

- Anúncio -
Comentários do Facebook